010 - Tabuada do 9.



Mais um texto que escrevi e não enviei.

Você me lembrava meu pai e meu irmão quando me perguntavam a tabuada do 9 e eu travava.

ou quando eles me faziam perguntas de geografia ou história e por mais que eu tivesse acabado de ler a resposta, eu travava.

ou quando riam de mim quando eu trocava hebraico por braille. eu sempre troco umas palavras com significados completamente diferentes mas na minha cabeça elas apenas se trocam. eu já troquei melatonina por melanina.

A minha falta de memória que irrita eles, também te irritava.

Você se fez os dois homens da minha vida, pra me ensinar que eu não posso e nem devo me calar. Que mesmo que vocês deem risada. Me façam perder forças e ser mais “avoada” ao lado de vocês, eu sou única. E que na verdade, tudo isso, é pra eu ter ainda mais força.

E me lembrar que eu tenho as minhas próprias opiniões e é sobre elas que devo falar.

Você falava igual eles sobre política mesmo com opiniões contrárias. Além disso, você também me cobrava ler mais notícias.

Na verdade, foi eu que me apaixonei por você. eu nem sei direito o que você sentiu...

Eu que escolhi que fosse você a pessoa pra me mostrar tudo isso de novo, pra eu curar e liberar toda e qualquer energia que me prendesse ao que diz respeito às crenças de não ser eu mesma, mesmo que eu mesma às vezes seja tudo isso que vocês não gostam ou apenas não entendem.

E é engraçado que sem você nada disso acontece, pelo contrário, eu ando lendo notícias, já troquei de voto para presidente duas vezes e estou mais esperta e atenta ao falar minhas opiniões.

Não troquei nenhuma palavra desde nossa última viagem mas se trocar, irei rir de mim mesma sem vergonha do que você vai pensar...

Eu agradeço e entendo o seu papel na minha vida. seu papel não era me amar, me mimar, fazer surpresas e levar café na cama...

Não sei porque você não pode ser os dois. afinal, meu pai e meu irmão sempre foram. minaram, amaram, fizeram surpresas e levaram muitos cafés na cama...

Na verdade eu entendo, foi te dada mais uma tarefa além dessa. eu tive que enfim entender que cada ser ama de uma forma mas que cabe a nós decidirmos se queremos ou não essa forma de amor. eu aprendi que não preciso aguentar, suportar ou continuar com algo que não sinto ser o suficiente pra mim. eu sei lá. Você foi quem teve que ser e o que conseguiu fazer.


Boa sorte pra você.


109 visualizações

©2020 por Fla Cavasotti.

Fla Cavasotti

Florianópolis, SC

CNPJ: 18.151.864/0001-70

flavia@flacavasotti.com - +55 48 8835-4281

Prazo de entrega 7 dias após criação dos produtos

Termos e Condições - Política de Privacidade - Política de Reembolso