047 - É a música do Djavan.


E se você tivesse uma opção na mão. Mas você não pode segurar, não pode pegar, não pode tocar…

É como um pássaro, pode pousar, mas pode voar.

É a musica do Djavan, “nem que sim, nem que não”

É pisar no espaço sem luz.

Tá escuro e meu voo é pra bem longe da tua casa.

Não é pra lua, mas se fosse, seria bom sentir o espaço que está aqui dentro.


Eu poderia inventar um novo planeta com todos os sentimentos que a tua vida causou na minha.


Talvez lá tivesse mais ar e você conseguisse me amar.

Talvez lá o tempo de Deus fosse o mesmo que o nosso.


Eu vou.

Pisarei firme no desconhecido.

E quando eu voltar, se tornará conhecido.

Há tempo para cada propósito.

Tempo de nascer e tempo de morrer.

Tempo de plantar e tempo de arrancar o que se plantou.


E eu vou…


9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo